quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Pesquisas Eleitorais

Pesquisas Eleitorais – Amanhã tem Datafolha e Ibope. Até dia 26/10, data das eleições serão 12 pesquisas. Ibope – Pesquisa com 3000 respondentes, divulgação prevista para o dia 23/10, quinta-feira no Jornal Nacional. Datafolha dia 23/10- Pesquisa com 9.978 respondentes contratada pela Folha e Rede Globo, deve ser divulgada no site da Folha às 18 horas e depois no Jornal Nacional. Instituto Veritá dia 23/10 MDA dia 23/10 Sensus – Divulgação dia 24/10. Vox dia 25/10 Sensus dia 25/10

PDG

Segundo o Relatório Reservado, o fundo Black Rock estaria de olho na PDG...será?

ELPL4

E depois de ser a maior aposta de short do Credit Suisse, é elevada para Neutra. De olho pra caçar fundo

Assessoria Financeira

Olá!

Pra quem ainda não me conhece, sou Financial Advisor por um escritório de Alocação e Gestão de Recursos!

Atendo clientes que tem conta na XP Investimentos, sem custo além dos normais como custódia, corretagem, taxa de adm e outros!

Ajudo os clientes na diversificação do capital em produtos de Renda Fixa e Multimercados e também na parte de Renda Variável com ideias de operações e carteira para Bolsa de Valores!

Fico sempre online no email, Skype e telefone!

Dentre outras coisas, todos os clientes tem acesso:

- Envio de relatórios
- Envio de notícias
- Sugestões de Portfólio
- Sugestões de operações
- Acompanhamento de Carteira, Risco e Posições
- e mais! =)

Quem quiser conhecer um pouco do meu trabalho é só me enviar um email em vitor@nteinvest.com.br!

Um abraço!

Oportunidade?



22/10/2014 às 05h00

Venda da PT seria aceita em consolidação

 

Por Heloisa Magalhães | Do Rio

ASSUNTOSRELACIONADOS


Uma fonte próxima aos controladores da Oi disse ontem ao Valor que a Portugal Telecom não está à venda, mas que pode vir a ser negociada. Essa fonte observou que a operadora portuguesa é um dos "pilares da aliança industrial com a Oi", no entanto, em uma operação casada que permita à Oi participar "como protagonista" de um processo de consolidação entre as empresas de telecomunicações no Brasil, a PT poderia ser vendida. "Ativo estratégico só se troca por ativo estratégico", disse a fonte.

Para reduzir sua dívida de R$ 46 bilhões, a Oi já vinha dizendo que pretende vender ativos "non core" (que não são o foco do negócio, como prédios e torres, por exemplo). Outra prioridade é a ida para o Novo Mercado.

 

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

Leia mais em:

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercados

Ontem a maioria dos mercados operou com forte alta devido ao comunicado do Banco Central Europeu de que a instituição estuda comprar bônus corporativos, em mais uma tentativa de estimular a econômica europeia. Os investidores acreditam que o BCE deve começar em breve um grande programa de compra de ativos, ao estilo do QE3 visto nos QE3 dos EUA que está para se encerrar na reunião do FED na próxima semana.

A agenda internacional hoje traz indicadores importantes e deve trazer volatilidade para os mercados:

10h30 – CPI

12h30 – Estoques de Petróleo

23h45 – PMI na China

Por aqui a volatilidade continua. Ontem o mercado caiu após a pesquisa Datafolha de segunda-feira mostrar a presidente Dilma 4 pontos à frente de Aécio. Hoje cedo foi divulgada na Folha de SP uma nova pesquisa Datafolha que trouxe os mesmos números, com Dilma à frente mas em empate técnico.

Em pesquisa com mais de 180 gestores/investidores, os cenários são:

- Se Dilma eleita, Ibovespa entre 40 mil e 50 mil pontos com 58% acreditando em queda no índice para baixo de 45 mil pontos;

- Se Aécio, Ibovespa entre 60mil e 70 mil pontos, com mais de 60% apostando em alta para cima dos 65 mil pontos.

(Quem quiser a pesquisa feita com os gestores e investidores sobre o impacto das eleições no índice é só me pedir)

Para tentar “tranquilizar” em relação à reeleição da Dilma, ontem uma reportagem feita pela Agência Estado mostrou que o investidor estrangeiro, apesar de diminuir posições, ainda continua na Bolsa e grande parte das ultimas quedas foi impulsionada principalmente por investidores locais. Ao que parece, os investidores estrangeiros não acham que o Brasil vai acabar com a Dilma e que vale esperar as eleições mesmo se a Dilma for favorita. Segundo a reportagem, os investidores estrangeiros vão esperar até o anuncio da nova equipe econômica para tomar uma decisão entre sair com tudo ou aguardar mais alguns trimestres para avaliação da economia.

Ontem enquanto a Moodys rebaixava o rating de crédito da Petrobrás, a agencia de risco S&P disse que não há perspectiva de nada que seja negativo o suficiente para downgrade do Brasil nem agora nem após as eleições. Muito se comenta que se a Dilma for reeleita, há chance de rebaixamento já em Janeiro/15.

Resumo de Empresas

Petrobras (PETR4) tem rating rebaixado de Baa1 para Baa2 por Moody’s
Petrobras é alvo de investigação por departamento da CVM
Santander: Alta de combustíveis não é necessária com petróleo estável
Sabesp (SBSP3) vai pedir autorização p/ desconto escalonado por consumo - Sem chuva, água do Alto Tietê só dura mais dois meses: Estado
Banco do Brasil (BBAS3) informa término de oferta de troca de títulos perpétuos
Souza Cruz (CRUZ3): Lucro líq. 3T R$ 375,6 mi; est. ajust R$ 387,3 mi
Romi tem prejuízo líq. R$ 315.000 3T, receita líq. R$ 165,5 mi
Lupatech (LUPA3) estenderá exclusividade para Sophia Capital até 25/outubro
Copasa (CSMG3): UBS aumenta participação para 5,16% do capital
Rossi (RSID3): Credit Suisse e fundos têm 4,97% das ações
Abril Educação (ABRE11): BM&FBovespa aprova migração da cia. para Novo Mercado
Embraer (EMBR3): Legacy 500 recebe certificação da FAA, dos EUA - Sindicato dos Metalúrgicos diz que greve atingiu 100% da produção da Embraer em São José dos Campos
Sul América (SULA11) estuda vender carteira de seguros de alto risco: Estado
GP Investments (GPIV33) negocia investimento de até R$ 300 mi na CAB Ambiental: Valor
Oi (OIBR4) Portugal Telecom não está à venda; pode participar de comsolidação, diz fonte: Valor


terça-feira, 21 de outubro de 2014

S&P: NÃO TEMOS PERSPECTIVA DE NADA QUE SEJA NEGATIVO OU DOWNGRADE PARA O BRASIL

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercados

Tanto bolsas europeias quanto futuros americanos operam em alta nessa manha refletindo os indicadores da China que vieram no geral um pouco melhor do que o esperado pelo mercado. O PIB do gigante asiático apresentou desaceleração para 7,3% no 3T ainda acima das expectativas do mercado. O mercado estava aguardando por um PIB ruim e possivelmente por novas medidas de estimulo de Pequim. Esse PIB melhor do que o esperado pode trazer certo movimento negativo pois acaba um pouco com as chances de estímulos na região.

A agenda de hoje está vazia no cenário internacional, então vamo ao que interessa: pesquisas eleitorais.

Ontem o Datafolha mostrou a presidente Dilma pela primeira vez na frente do Aécio nesse segundo turno. Segundo os dados da pesquisa, Dilma lidera no Norte e no Nordeste mas a diferença dessa para a ultima foi um avanço nas intenções de voto na região Sudeste onde a presidente ganhou até 5 pontos.

O mercado deve operar em queda e essa volatilidade deve continuar até o fim de semana. Vale lembrar que no 1° turno as pesquisas erraram feio então apesar do mercado operar as noticias no dia a dia, o que importa é o resultado final no domingo!

Resumo de Empresas

Biosev (BSEV3): Armazém incendiado estocava cerca de 50.000 ton açúcar
CVC (CVCB3): Lucro líq. R$ 38,6 mi no 3T14; receita líq. R$ 188,7 mi - Itaú BBA: Resultados foram amplamente em linha com estimativas; reação do mercado deve ser de neutra a positiva - BTG Pactual: “Recuperação operacional no 3T é um sinalde que a empresa está de volta aos trilhos”
Eletrobras (ELET6): Ativos de transmissão da Eletrosul - somavam R$ 1,06 bi em dez/2012
Eneva (ENEV3) tem cobertura interrompida pelo Santander devido a realinhamento de responsabilidades dos analistas
Even (EVEN3): Lançamentos caem p/ R$ 289 mi e vendas, p/ R$ 270 no 3T14 - BTG Pactual: “Apesar de dados operacionais 3T serem razão ruim de comemoração, vamos manter postura positiva sobre ação devido à combinação de múltiplos atrativos e baixo risco global (tanto financeiramente quanto em termos operacionais)”
Fleury (FLRY3): venda participação da Core p/ Gávea encerrada sem sucesso
Gafisa (GFSA3): Vendas contratadas R$ 230,8 mi 3T, -32%; reduz guidance - Itaú BBA: Ritmo de vendas desapontador (7,2% para Gafisa e 4,6% para Tenda) reforça expectativa de ambiente operacional persistentemente fraco no segmento residencial neste trimestre; principal surpresa negativa foram distratos de vendas (+25% t/t em ambos segmentos Gafisa e Tenda; reação do mercado deve ser negativa
Gol (GOLL4) caminha para superar o Ibovespa este ano pela 1ª vez desde 2009 uma vez que tenta conquistar os passageiros de negócios e travar o ritmo das concorrentes em meio à recessão
Helbor (HBOR3): Lançamentos no 3T14 somam R$ 325,1 mi, +75% a/a
JBS (JBSS3): JBS Foods tem pedido de registro de cia. Aberta indeferido pela CVM
MMX (MMXM3) aprova OPA envolvendo permuta de títulos MMXM11
OGpar (OGXP3): Cia. vale aprox. R$ 3,3 bi depois da conversão da dívida - Cia. quer continuar Tubarão Azul pelo menos até março/15

Bons negócios.

 

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

125ª Pesquisa CNT/MDA aponta empate técnico entre Aécio e Dilma

A 125ª Pesquisa CNT/MDA, realizada 18 e 19 de outubro de 2014 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra cenários para o 2º turno da eleição presidencial de 2014. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR - 01139/2014. Foram entrevistadas 2.002 pessoas de 137 municípios de 25 Unidades da Federação.

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014
INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (ESPONTÂNEA)

Dilma Rousseff (43,8%), Aécio Neves (42,1%)
2º TURNO - INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE (ESTIMULADA) 
Dilma Rousseff (PT) – 45,5%
Aécio Neves (PSDB) – 44,5%

VOTOS VÁLIDOS (percentual calculado excluindo os percentuais de branco, nulo e indecisos)

Dilma Rousseff (PT) – 50,5%
Aécio Neves (PSDB) – 49,5%

LIMITE DE VOTO

DILMA ROUSSEFF: é a única em que votaria (38,1%); é uma candidata em que poderia votar (19,3%); não votaria nela de jeito nenhum (40,7%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (0,2%).
AÉCIO NEVES: é o único em que votaria (34,4%); é um candidato em que poderia votar (21,4%); não votaria nele de jeito nenhum (41,0%); não conhece/não sabe quem é/ nunca ouviu falar (1,1%).

HORÁRIO ELEITORAL 
Assistiu ou ouviu no 2º turno: Sim (64,8%), Não (34,5%)
Candidato considerado o melhor no horário político (para quem assistiu/ouviu): 
Aécio (47,4%), Dilma (38,0%)

FAVORITISMO DOS CANDIDATOS
Candidato que os eleitores acreditam que vencerá as eleições: Aécio Neves (46,7%), Dilma Rousseff (42,5%).
 

Agência CNT de Notícias

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercados

Bolsas europeias e futuros americanos amanhecem a semana operando queda por conta dos resultados trimestrais da Zona do Euro que estão desapontando o mercado e assim trazendo de volta a preocupação com a recuperação das empresas e da economia mundial. A Europa está caminhando para a quarta semana seguida de queda.

A recuperação da China também preocupa os investidores que aguardam por estímulos de Pequim e por conta disso a sacões se sustentam por lá pelo 2° dia seguido. Hoje de noite o gigante asiático vai divulgar o PIB e o indicador de Produção Industrial que deve mostrar desaceleração e trazer volatilidade aos mercados.

Hoje não tem indicadores relevantes e por isso o dia lá fora não deve ser de grande volatilidade, diferente daqui.

Ultima semana com o assunto eleições já que nesse domingo tudo será decidido. As pesquisas eleitorais continuam trazendo volatilidade para o mercado e hoje pode ter pesquisas da MDA para CNT (11h), Datafolha e Vox Populi de noite. Além delas, é esperado para a semana:

Datafolha dia 22

Ibope dia 23

Sensus 24

Ou seja, muita volatilidade até domingo! Vale lembrar que a temporada de balanços está começando e deve ser o foco dos investidores após as eleições.

Resumo de Empresas

Petrobras (PETR4) diz estudar medidas jurídicas adequadas para ressarcimento dos danos sofridos a partir das investigações da operação Lava Jato - Cia. descarta rever projetos se petróleo cair até US$ 50/barril: Estado - Cia. repassou meio bi de dólares a Evo Morales durante sua campanha: UOL
Sabesp (SBSP3): ANA autoriza utilização de segunda reserva do Cantareira - Em meio a crise, pres. da cia. diz a Alckmin que quer deixar o cargo: Folha
Ouro Fino Saúde Animal (OFSA3) sai a R$ 27 por ação em IPO
BHG (BHGR3) assinou memorando p/ administrar hotel em João Pessoa
CSN (CSNA3): US$ 1,2 bi em títulos de 2020 da cia. Perderam 1,2% desde 3/out., quando Standard & Poor’s rebaixou a cia. para junk, a maior queda entre títulos de mineradoras e siderúrgicas da América Latina, que tiveram em média ganho de 1% no período
Eneva (ENEV3): Acordo com bancos suspende pagamento de dívida até 21/nov
JBS (JBSS3) tem perspectiva alterada de estável para positiva por S&P
JBS Foods terá Eneas Pestana como membro do conselho: Estado
Oi (OIBR4): Novo presidente, Bayard Gontijo, simplifica estrutura e demite 2 diretores: Valor
Rossi (RSID3): Credit Suisse passa a deter 5,21% de ações da cia.