quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercados

Ontem os mercados no mundo inteiro foram afetados após a confirmação do primeiro caso de Ebola nos EUA além da continuidade da preocupação dos mercados com as tensões geopolíticas na Ucrânia e também em Hong Kong.

O mercado internacional hoje está de olho na decisão do Banco Central Europeu sobre a taxa de juros, programa de compras de títulos e os próximos passos da instituição. O mercado está esperando já por um desapontamento, com a manutenção da taxa de juros, mas sem nenhum novo estimulo à região que vem mostrando fracos indicadores, principalmente na Alemanha que é a maior economia da região.

Além disso, os investidores estão já de olho no Payroll amanha que trará os indicadores de criação de novos empregos e taxa de desemprego nos EUA.

Ainda na agenda de hoje:

08h45 – Taxa de Juros da Zona do Euro

09h30 – Anúncio Banco Central Europeu

09h30 – Pedidos de Seguro Desemprego dos EUA

11h30 – Pedidos de Fábricas (EUA)

Por aqui os investidores aguardam a divulgação de novas pesquisas eleitorais. Só no dia de hoje é possível que saia Datafolha, Ibope e Sensus! Além do ultimo debate antes das eleições, previsto para hoje na Globo. É esperado para hoje também o indicador da Produção Industrial que deve mostrar a sexta baixa seguida segundo economistas.

No setor automobilístico, a Fenabrava divulgou o indicador de vendas de veículos que caiu 4,4% em setembro. No mesmo setor, GM abriu programa de demissões, VW – Ford – Renault dão férias coletivas. A situação está feia...

Resumo de Empresas

Anima Educação (ANIM3) é iniciada com compra pelo Santander - Preço-alvo/ação no fim de 2015 é de R$ 35
BicBanco (BICB4) é elevado a grau de investimento pela Standard&Poor’s
CCR (CCRO3) é elevada de market perform para outperform pelo Itaú BBA - Preço-alvo/ação no fim de 2015 é reduzido de R$ 20,5 p/ R$ 20
Fibria (FIBR3): Votorantim e BNDES devem renovar acordo de acionistas: Valor
Gol (GOLL4): VRG Linhas Aéreas tem aval para 8 voos semanais entre Brasil e República Dominicana
IdeiasNet (IDNT3) conclui venda de participação no iMusica para a Claro por R$ 33,1 mi
Linx (LINX3) aprova celebrar financiamento de R$ 102,8 mi com BNDES
Log Commercial (MRVE3) aprova emissão de cédula de crédito bancário de R$ 100 mi com Banco Votorantim
Minerva (BEEF3): Acionistas aprovam incorporação da Mato Grosso Bovinos, que pertencia à BRF (BRFS3)
MRS (MRSA3): Tufi Daher Filho renuncia à presidência do conselho
Petrobras (PETR4): Cade aprova aquisição da Innova pela Videolar
Odebrecht pagou US$ 23 mi, diz Paulo Roberto Costa: Folha
Barbassa propõe acordo à CVM para encerrar processo: Folha
Restoque (LLIS3) aprova justificação de incorporação de 100% da Dudalina
Sabesp (SBSP3) faz plano fraco para ‘volume morto’, diz ANA: Folha
Usiminas (USIM5): acirra briga com Nippon Steel: Valor
Ações da Cosan Logística começam a ser negociadas hoje sob o código RLOG3

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Financiamento - PETR4

Quem quiser conhecer a operação,

12 dias de operação

Lucro: 7,68%
Proteção 7,34%

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercados

Ontem a China anunciou um corte na taxa hipotecaria pela primeira vez desde a crise financeira global em 2008 para impulsionar sua economia, medida inédita e que mostra a preocupação do governo com o enfraquecimento do mercado por lá. O indicador de PMI (Índice de Gerentes de Compras) divulgado nessa madrugada permaneceu em 51,1 em setembro, indicando modesta expansão, mas comprovando que a economia chinesa continua na luta para recuperar o forte crescimento.

Os indicadores relevantes (EUA) não param por ai:

09h15 – Criação de Novos Empregos

10h45 – PMI de Manufatura

11h00 – PMI medido pelo ISM

11h00 – Gastos com construções

11h30 – Estoques de Petróleo

Com as especulações de que o FED pode subir os juros antes do inicialmente previsto, com a desaceleração da China e Europa e também por conta das tensões geopolíticas, há um claro movimento de venda de ações global em busca por dólar e títulos de dividas e por isso o dólar segue se fortalecendo contra a maioria das principais moedas e divisas emergentes.

Já no Brasil, domingo tem eleição e ontem foram divulgadas as pesquisas Ibope e Datafolha. Ambas mostraram que a presidente Dilma ampliou a vantagem sobre a Marina Silva em um eventual 2° turno:

Na pesquisa Datafolha a presidente ampliou a vantagem de 4 para 8 pontos no segundo turno entre Dilma e Marina. No primeiro turno, Dilma com 40% - Marina com 25% - Aécio com 20% (caindo diferença entre os últimos dois de 9 para 5 pontos).

No Ibope, Dilma tem vantagem de 4 pontos sobre Marina ante empate em pesquisa anterior.

Minha opinião é que o mercado não deve aceitar bem essa ampliação da vantagem da Dilma e continuar operando no lado negativo. As chances da presidente vencer no primeiro turno são baixas então devemos ter volatilidade do mercado até o fim de outubro quando acontecerá o 2° turno. Ainda em pesquisas, a Istoé pode divulgar hoje nova pesquisa Sensus em seu website.

Sobre os impactos do dólar na inflação, o Credit Suisse divulgou relatório em que afirma que o IPCA pode superar os 6,4% em 2014 se o dólar permanecer em torno de R$2,45. Para o HSBC, se não houver mudanças politicas o dólar pode atingir R$2,60 ainda este ano.

E para quem mora em SP, o sistema Cantareira está no nível mais baixo da história, 6,9% da capacidade!

Resumo de Empresas

ALL (ALLL3) é iniciada com overweight pela Brasil Plural
Alpargatas (ALPA4) exerce opção de compra e passa a ter 60% do capital da Osklen
Anima (ANIM3) negocia compra de 2 instituições da Whitney no País: Valor
Brookfield (BISA3): Fundos administrados pelo Itaú tem 10,12% das ordinárias
Forjas Taurus (FJTA4) consegue waiver de debenturistas da 3ª emissão
Locamerica (LCAM3): Pátria Investimento comprou ações, tem 7,69% das ordinárias
Petrobras (PETR4): Contratos da cia. na Lava Jato mostram envolvimento de ex-diretor Renato Duque
Raia Drogasil (RADL3) é rebaixada de outperform para Market perform pelo Bradesco BBI
Sabesp (SBSP3) promete entregar plano para Cantareira dia 6: Estado
Usiminas (USIM5): Ternium espera decisão da Justiça até 6/out.: Estado
Vale (VALE5): Cia. Siderúrgica de Pecém, joint venture com Posco e Dongkuk Steel Mill, busca empréstimo de US$ 1,5 bi: Fontes


terça-feira, 30 de setembro de 2014

Moody’s avaliará condições do Brasil em 12 a 18 meses

Por Aline Oyamada

SÃO PAULO  -  A Moody's avaliará as condições financeiras e econômicas do Brasil nos próximos 12 a 18 meses antes de tomar qualquer decisão sobre o rating do país, afirmou Susan Knapp, diretora da Moody's América Latina, durante evento da agência de classificação de risco em São Paulo.

Ela lembrou que diversos fatores contribuíram para que a Moody's revisasse de “estável” para "negativa" a perspectiva da nota do Brasil no início de setembro. Um dos mais importantes é o crescimento fraco, que segue abaixo da tendência há quatro anos. "E essa tendência provavelmente irá continuar durante 2015", acrescentou.

Susan afirmou que o próximo governo provavelmente enfrentará desafios fiscais significativos e que qualquer decisão da Moody's dependerá da postura do próximo governo. "Os prospectos de crédito do Brasil no médio prazo dependerão das políticas que a próxima administração será capaz de adotar", disse.

Atualmente, a agência classifica o Brasil em “Baa2”.

Macro Mercados

Macro Mercados
 
Mercados amanhecem o dia com sinais opostos em dia que o continente asiático é o centro das atenções.
 
Hoje de madrugada a China divulgou seu indicador de PMI de Manufatura que veio levemente abaixo do esperado pelo mercado, mas ainda abaixo do mercado e perto do 50, lembrando que esse indicador vai de 0 a 100 e o 50 é o divisor de aguas entre contração e expansão da economia.

Ainda do outro lado do mundo, os protestos continuam em Hong Kong e o líder do movimento deu a data final de 01/10 para que sejam cumpridas todas as exigências pró-democracia que são reivindicadas na região.
 
Apesar dessas noticias negativas, enquanto os mercados asiáticos operaram em queda, os mercados europeus e futuros americanos operam com leve alta agora realizando parte das perdas de ontem. A agenda de indicadores também é relevante e traz os indicadores de:
 
10h00 – S&P/ CS Composto, indicador do mercado imobiliário
10h45 – Chicago PMI
11h00 – CB Confiança do Consumidor
 
Por aqui o assunto é o mesmo de sempre, pesquisas eleitorais. O mercado aguarda para hoje uma nova pesquisa Ibope e também pesquisa Datafolha. As duas são esperadas para a parte da noite e a grande expectativa do mercado é se a presidente Dilma vai continuar muito à frente da Marina nas pesquisas como mostrado no Datafolha da sexta-feira, que teve impacto ontem fazendo o índice Ibovespa cair 5%.

Resumo de Empresas
 
BicBanco (BICB4): CCB Holding apresenta pedido de OPA à CVM
Cemig (CMIG4) GT terá participação entre 20,2%-27,4% na Renova Energia (RNEW11)
Renova pretende emitir até R$ 146 mi em debêntures de infraestrutura em 2 séries
CPFL Renováveis (CPRE3) elege Carlos Ribeiro como diretor financeiro
CSN (CSNA3) diz que acompanha potenciais oportunidades de aquisições e que não há qualquer ato vinculante no momento para aquisições  - NOTA: Cia. tem interesse por siderúrgica italiana Ilva, diz fonte: Reuters
Dasa (DASA3) aprova liquidação antecipada de operação de derivativos com HSBC
HRT (HRTP3): Conselho aprova ratificação de contratos com Rosneft
Light (LIGT3): Debenturistas aprovam elevação de limite de dívida líq./Ebitda
OSX (OSXB3): Juiz determina arresto de 2 navios da cia. De Eike: Estado
Petrobras (PETR4): Opções de venda da estatal têm alta de até 263%; PETR4 -11% ontem, maior queda desde nov/2008, após pesquisas mostrarem avanço de Dilma sobre Marina
Usiminas (USIM5) é rebaixada de compra para underperform pelo Santander
Juiz nega pedido de liminar da Ternium contra nova gestão: Valor
Vale (VALE5): Conselho vota 16/out pgto de US$ 2,1 bi remuneração mínima
 
Bons negócios.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Ibope e Datafolha no mesmo dia


Ibope e Datafolha no mesmo dia


 


Amanhã, tem dose dupla de pesquisas presidenciais. Saem os novos Ibope e Datafolha.

 

Por Lauro Jardim

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercado

Mercados europeus e futuros americanos iniciaram a semana em queda, seguindo o mercado de Hong Kong que apresentou queda de 1,9% e foi o centro das atenções nesse domingo. Manifestantes pro-democracia tomaram o centro financeiro da cidade, deixando mais de 40 pessoas feridas e dezenas de jovens detidos segundo a rede americana CNN. Esse é o pior distúrbio que o país enfrenta desde que a China retomou o controle da ex-colonia britânica em 1997. Os manifestantes exigem por reformas politicas que reflitam as aspirações democráticas do povo.

A agenda de indicadores do dia também deve mexer com os mercados:

09h30 – Gastos Pessoais

09h30 – Renda Pessoal

11h00 – Venda de casas existentes

Hoje a noite ainda tem PMI de Manufatura na China que com certeza deve mexer com o mercado de commodities e consequentemente com os mercados acionários.

Por aqui, pesquisas eleitorais, debate e relatório Focus com certeza movimento para os mercados.

Índice Futuro Ibovespa: -5,00%!! Sim, 5% de queda!

Durante o fim a pesquisa Datafolha mostrou que a presidente Dilma ganhou pontos no primeiro e no segundo turno e por isso o pessimismo do mercado.

O relatório Focus reduziu mais uma vez o PIB para 2014 de 0,30% para 0,29%. Essa é a 18 vez que os economistas diminuem as estimativas para o crescimento da atividade econômica brasileira. Para 2015 a projeção ainda se mantem a mesma em 1,01%. Em relação à inflação, o IPCA para 2014 subiu para 6,31% ainda abaixo do teto da meta.

Por enquanto o mercado opera com forte queda provavelmente por conta da expectativa do mercado da reeleição da Dilma e também do comentário do Aecio Neves ontem de que não há chances para uma privatização da Petrobrás.

Resumo de Empresas

Alpargatas (ALPA4) transfere ações que detinha na Tavex p/ Ayuspe
Brasil Brokers (BBRK3) pode recomprar aaté 10 mi ações até 25/set/2015
BTG Pactual (BBTG11): BC resiste a transação entre BTG e Banco Nacional: Valor
Light (LIGT3) aprova emissão da Guanhães R$ 200 mi em notas promissórias
Lupatech (LUPA3) acerta acordo c/ Petrobras (PETR4) para regularizar multas
Multiplan (MULT3) emite R$ 400 mi em debêntures a CDI+0,87%: Fonte
OSX (OSXB3): Holanda deferiu suspensão de pagtos. OSX WHP por 18 meses
Petrobras (PETR4): Dilma diz que denúncias sobre estatal são ‘factoides’
Paulo Roberto Costa deu aditivos de R$ 200 mi a empresas: Estado - Cia. encontra gás no bloco ES-M-414, Bacia Espírito Santo
Tim (TIMP3) contrata banco para avaliar oferta para comprar Oi (OIBR4), diz Veja
Usiminas (USIM5): Saída de CEO seguiu prodecimentos, diz Nippon Steel - Briga de acionistas será decidida na Justiça: Valor - Cia. é rebaixada para neutra pelo BTG Pactual
Vale (VALE5) decide suspender operações em mina de carvão na Austrália - Cia. espera cenário difícil para o minério de ferro em 015, diz José Carlos Martins: Estado

Bons negócios.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Eneva tem aprovação para financiamento de R$300 mi para térmica Pecém II

SÃO PAULO (Reuters) - A geradora privada de energia Eneva informou nesta sexta-feira que obteve aprovação para uma linha de crédito de longo prazo de 300 milhões de reais com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e outras instituições financeiras para a termelétrica Pecém II.

Os recursos serão utilizados para o reperfilamento da dívida de curto prazo de Pecém II e da Eneva, bem como cobrir futuros compromissos das partes, informou a empresa em comunicado.
(Por Anna Flávia Rochas)

Macro Mercados e Resumo de Empresas

Bom dia,

Macro Mercados

Ultimo dia da semana e com PIB dos EUA. A agenda internacional é o destaque hoje e deve trazer além de volatilidade, uma prévia de como serão os mercados na semana que vem.  

09h30 – PIB do 2T2014

10h55- Revisão da Confiança do Consumidor da Univ. de Michigan

Por enquanto todos os mercados e índices futuros aguardam pelo indicador para tomar uma decisão.

Já no Brasil, pesquisa Vox Populi divulgada ontem mostrou uma melhora da Dilma no 1° turno, mas empate técnico entre a Dilma e Marina no 2° turno. Hoje deve ser divulgada a pesquisa Datafolha (no fim do dia) e deve ser o tira teima do mercado após forte oscilação ontem e com o dólar testando R$2,43! O Banco Central aumentou o número de contratos de rolagem swap para tentar conter a forte valorização mas está difícil...

Resumo de Empresas

BRF (BRFS3): Pedro Faria é indicado para a posição de CEO global
BRF pode recomprar até 5 mi de ações ordinárias de 26/set a 14/out
CCR (CCRO3): Controlada CIIS passa a deter 24,88% do projeto VLT Carioca
Cesp (CESP6) e Light (LIGT3) são rebaixadas de manutenção para underperform pelo Santander
CPFL Renováveis (CPFE3) elege Carlos Wilson Ribeiro como diretor financeiro
LPS (LPSB3): JPMorgan Asset Management tem 5,14% das ordinárias
BHG (BHGR3): JPMorgan Whitefriars vendeu todas as ações que tinha, passou de 6,58% das ordinárias para 0%
Vale (VALE5) é rebaixada de compra para neutra pelo Citi
Sabesp (SBSP3): Reserva do Cantareira pode acabar em 57 dias, diz Arce: Estadão

Bons negócios e um ótimo fim de semana!

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

FED


14:26     AE-News: --LOCKHART: ESTOU MAIS PREOCUPADO COM INFLAÇÃO ABAIXO DA META DO QUE ACIMA

14:25     AE-News: --LOCKHART: INFLAÇÃO BAIXA REFLETE DEBILIDADE DA ECONOMIA; ELEVAÇÃO DEVERÁ SER LENTA

14:24     AE-News: --LOCKHART: MELHORA NO EMPREGO DEVE SER ESTÁVEL, COM PLENO EMPREGO NO FIM DE 2016 OU EM 2017

14:23     AE-News: --LOCKHART: EUA DEVERÃO TER CRESCIMENTO DE 3% NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 E EM 2015

14:23     AE-News: --LOCKHART: ECONOMIA ESTÁ INDO BEM, MAS HÁ ESPAÇO PARA MELHORAR

14:22     AE-News: --LOCKHART: MOMENTO DA PRIMEIRA ELEVAÇÃO DAS TAXAS DE JURO NÃO ESTÁ "PREDETERMINADO"

14:22     AE-News: --LOCKHART: FED DEVERÁ ELEVAR TAXAS DE JURO EM MEADOS DE 2015 OU MAIS TARDE

14:21     AE-News: --LOCKHART, DO FED: POLÍTICA MONETÁRIA SERÁ DETERMINADA POR INDICADORES