quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

LIVRO BEGE DO FED: ECONOMIA DOS EUA CONTINUOU A SE EXPANDIR EM OUTUBRO E NOVEMBRO

Manguinhos - De olho...

Empresa vai fazer subscrição a R$0,28 na RPMG3. Talvez valha a pena ir junto e comprar a esse preço...por enquanto só acompanhando!

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/judiciario/refinaria-de-manguinhos-vence-petrobras-na-justica-do-rio/

Derrota na Justiça

Como se não bastassem o sangramento bilionário nos cofres da Petrobras, agora notório pela Operação Lava-Jato, e a desvalorização das ações da estatal, mais notícias ruins batem à porta.
Acionada pela Refinaria de Manguinhos na Justiça do Rio em 2013, a Petrobras foi condenada na sexta-feira passada a pagar 935,5 milhões de reais pelos prejuízos causados à refinaria entre 2002 e 2008. O vermelho, segundo Manguinhos, vem dos preços abaixo do custo de produção praticados pela Petrobras na venda de gasolina, diesel e gás natural.
A juíza Simone Chevrand ainda decidiu que a Petrobras terá de pagar por prejuízos à refinaria desde 2009 até agora, em valores a serem calculados.
Por Lauro Jardim

Macro Mercados e Resumo de Empresas



Bom dia,

Macro Mercados

O petróleo continua a ter alta oscilação e hoje ensaia alta após alta na segunda e queda ontem. Por enquanto o barril de petróleo opera 0,7% de alta, recuperando parte das perdas e começando a formar um piso para o preço em US$70 após queda dos US$100. Essa queda no preço do petróleo é benéfica para a China que pode ser influenciada com alta no PIB e desaceleração da inflação e por esse motivo as ações chinesas voltaram a subir. Essa análise é feita pelo Morgan Stanley que vê potencial de ultra-rali para o mercado asiático. (motivo para ficar de olho nas empresas exportadoras de commodities como a Vale)

Os mercados por enquanto seguem operando sem direção definida enquanto os investidores aguardam pela agenda de indicadores dos EUA que deve mostrar como está a economia por lá e assim reforçar ou não as apostas sobre o aumento de juros já no 2S15:

11h15 – Criação de novos empregos
11h30 – Revisão da Produção Industrial
12h45 – Final PMI de serviços
13h00 – ISM PMI
13h30 – Estoques de Petróleo (passa a ser importante agora com a volatilidade nos preços da commoditie)
15h30 – Discurso do membro do Fomc, Plosser
17h00 – Livro Bege (indicadores da economia do país)

Quem quiser saber mais sobre o que significa cada indicador é só me pedir que envio um resumo sobre cada um deles!

Por aqui, dia cheio!

Ontem o Congresso não conseguiu votar o projeto que altera a LDO por conta de um tumulto iniciado depois que o Renan Calheiros determinou a retirada dos manifestantes contrários ao projeto. A sessão foi adiada para hoje as 10h, horário em que o Congresso pode dar carta branca ao governo e acabar com qualquer credibilidade que ainda resta por lá! Dia marcante para a politica e economia brasileira.

Hoje após o mercado o BC deve divulgar a nova Selic. Os analistas esperam por alta de 0,5% que representaria maior aperto monetário para conter a alta do dólar sobre a inflação. Uma pesquisa feita com os “Top 5 Economistas” aponta um consenso para o dólar em R$2,70 para 2015, desvalorizando mais ainda o real e trazendo mais alta para a inflação.

Continua por aqui a preocupação em relação à possível taxação do governo sobre dividendos! Esse projeto de fato está em andamento para votação mas dificilmente será votado em 2014 e por conta disso é possível uma recuperação no Ibovespa que já apresenta queda de -5,69% em dezembro.

Resumo de Empresas

Petrobras (PETR4) anuncia 1ª descoberta em águas profundas do Caribe colombiano - Cia. é condenada a pagar R$ 935 mi a Manguinhos: Estado
Homem de US$ 100 mi da Petrobras amplia investigação - Lava Jato
Celpa (CELP5) é colocada em creditwatch positivo pela S&P, pode ter rating elevado
Cosan (CSAN3): Cerca de 73% das notas em circulação foram recompradas até 1/dez.
Eneva (ENEV3) deve aprovar hoje pedido de recuperação judicial: Estado - Unidade geradora Pecém I retoma operação
JBS (JBSS3): CVM revoga suspensão de IPO da unidade JBS Foods
Minerva (BEEF3) tem receita bruta preliminar de cerca de R$ 1,4 bi out-nov
Usiminas (USIM5): Nippon pede para CVM investigar Ternium em disputa na siderúrgica, diz Folha

Hoje tenho uma reunião externa e por esse motivo estarei de volta apenas as 10h30.

Bons negócios!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Macro Mercados e Resumo de Empresas



Bom dia,

Macro Mercados

Mercados europeus e índices futuros americanos começam o dia operando com leve alta, recuperando parte das perdas de ontem e também influenciadas pela recuperação nas commodities e China.

Durante essa madrugada os mercados chineses subiram com especulações de que haverá novos estímulos na região como corte de juros e também nas taxas dos depósitos compulsórios. Essa especulação foi suficiente para sustentar uma alta por lá e também ajudar na recuperação do preço do petróleo e outras commodities como o minério de ferro, favorecendo os países exportadores de matérias-primas, como o Brasil.

Hoje parece ser um dia de recuperação para os mercados internacionais, pelo menos até a divulgacao dos indicadores e fala da presidente do FED, Janet Yellen:

11h10 – Discurso do membro do FOMC, Fischer
11h30 – Discurso da presidente do FED, Janet Yellen
13h00 – Gastos com construções

De noite é esperado pelo mercado, e deve trazer volatilidade amanha, os indicadores de PMI de Serviços da China.

O Brasil além de passar por um mau momento da economia, sofre ainda com as oscilações das commodities e apetite por consumo de outros mercados. Nossa economia é a chamada “primária-exportadora”, onde exportamos na maioria matéria-prima e não produtos com valor agregado. O preço das commodities no mercado internacional afeta diretamente o resultado do Brasil e por isso a grande preocupação em relação à desaceleração, ou fim, da recuperação econômica mundial.

Por aqui começa hoje a reunião de dois dias do Copom que deve terminar amanha e anunciar a nova taxa Selic. O mercado espera um aumento de 0,5% já que o BC sinalizou que vai lutar contra a inflação. O mercado deve ficar atento também ao indicador de Produção Industrial que deve ser divulgado as 09h00 e também na possível votação da meta fiscal no Congresso.

Resumo de Empresas

Vale (VALE5) avalia IPO de parte de negócio de metais básicos: Reuters - Cia. promove encontro com investidores e analistas em Nova York; transmissão de webcast a partir das 13:15, segundo a empresa
Azul pede registro para listar ações no Brasil e Estados Unidos
Azul pode se tornar a maior aérea do País c/ US$ 6,5 bi em jatos
BicBanco (BICB4) tem rating elevado de Ba1 para Baa3 pela Moody’s
BIOMM (BIOM4) assina contrato de fornecimento com Bioton, da Polônia
Braskem (BRKM5) decide quitar integralmente Refis, total R$ 1 bi
CCX (CCXC3): Gunnar Gonzalez Pimentel foi eleito presidente e diretor de RI
Duratex (DTEX3) é rebaixada de compra para manutenção pelo Santander; preço-alvo cai 30%, p/ R$ 9,50
Fibria (FIBR3) elevará preço da celulose em US$ 20/t a partir de 1/jan.
JBS (JBSS3) demonstra insatisfação com escolha de Kátia Abreu para ministra da Agricultura: Folha
MRV (MRVE3) aprova emissão de R$ 300 mi em debêntures
Oi (OIBR4) conclui transferência de torres para SBA Torres Brasil
Isabel dos Santos registrou proposta por ativos da PT, diz representante da CVM portuguesa que pediu anonimato
Petrobras (PETR4): Odebrecht cobra R$ 7,6 mi da Petrobras por contrato no Chile: Folha
Modec e Schahin obtêm contrato para PFSP nos campos Tartaruga Verde e Tartaruga Mestiça
Santander Brasil (SANB11): Blackrock detém 5,01% das ordinárias

Bons negócios!